Sustentabilidade e Meio-ambiente

Recentemente tivemos em João Pessoa importante evento sobre o setor sucroalcooleiro, a fauna e a floresta.  Em tempos de destruição florestal, extinção de animais, efeito estufa e altos índices de poluentes não só nas águas mas também no ar, entre outros desequilíbrios ambientais, é imprescindível manter um diálogo com a sociedade como um todo sobre preservação e sustentabilidade.

Diálogos de sustentabilidade no setor sucroalcooleiro estabelecem sinergias entre o setor produtivo de biocombustíveis, os setores ambientais da academia e terceiro setor dentro do quadro do Renovabio. A Mata Atlântica paraibana apesar de ter apenas 8,5% de sua área ainda com florestas, tem um imenso valor biológico. Ali foram descobertas novas espécies, também sendo o local onde vivem outras que só existem nas nossas matas. De acordo com o Doutor em Biodiversidade, professor Pedro Cardoso Estrela “O setor sucroalcooleiro é indispensável para a preservação destas matas e animais pois é detentor dos maiores e mais importantes remanescentes, a ‘arca de noé’ da mata paraibana”. O setor tem contribuído significativamente nesta preservação e gerado muita informação científica em parceria com as universidades, além de formar um grande contingente de recursos humanos qualificados.

Ainda de acordo com Estrela, “é importante alavancar uma agenda de pesquisa quantitativa que permita uma integração maior das ações de manejo da floresta e da fauna para a manutenção de serviços ecossistêmicos, principalmente com consequências hídricas. Tal agenda deve permitir gerar conhecimento para criar tecnologias de manejo da paisagem aliando aumento de produtividade e incremento de biodiversidade. Os resultados de anos de trabalho, e do encontro no evento, apontam para um cenário totalmente inédito onde o setor sucroalcooleiro perde o estigma de devastador e ganha o devido reconhecimento de parceiro chave da proteção da biodiversidade”.  

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *