NOTA DO FÓRUM NACIONAL SUCROENERGÉTICO

O Fórum Nacional Sucroenergético informa que pelo menos 220 usinas dos estados produtores do Centro-Sul estão paralisadas por conta da greve dos caminhoneiros. Até a próxima quinta-feira todas as unidades produtoras do Centro-Sul estarão paralisando suas atividades. O setor tem no Centro-Sul 340 unidades que empregam mais de 600 mil pessoas diretamente (o Nordeste encontra-se em período de entressafra). O principal motivo da paralisação é a falta de óleo diesel, utilizado na colheita, irrigação, plantio e irrigação, e de outros insumos, principalmente produtos químicos como cal e ácido sulfúrico, entre outros.
O Centro-Sul é responsável por 94 % da produção de etanol no país. A perda de receita estimada é de 300 milhões de reais. “Estamos deixando de produzir mais de 250 mil toneladas de açúcar e 300 milhões de litros de etanol”, informou o Fórum.
“Estamos em plena safra e as distribuidoras não conseguem tirar os produtos para entrega nos postos para o abastecimento da sociedade. Estamos empenhamos com os governos estaduais, governo federal, ANP e setor de distribuição buscando medidas para amenizar o problema”.
Desde sexta a ANP flexibilizou algumas regras de distribuição de combustíveis.
“Não estamos conseguindo vender os nossos produtos e teremos dificuldades em pagar salários, fornecedores e impostos, pois não estamos faturando”.
Além do setor e da sociedade, os governos serão afetados com um menor faturamento e consequente menor arrecadação.
“Outro problema levantado é que as indústrias não terão bagaço para fazer a co-geração e com isso deixarão de colocar energia no sistema elétrico.”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *