Jovem sueca de 16 anos chama a atenção do mundo pelo ativismo em prol do meio ambiente e consegue garantia da União Europeia de investimento de US$ 1 trilhão no clima.

O verão pode não ser feito por uma só andorinha, como diz o ditado, mas a história da jovem Greta Thunberg nos mostra que ele pode ser iniciado assim e depois tomar grandes, surpreendentes e benéficas proporções.

https://mundosustentavel.com.br/podcast/o-nome-dela-greta-ouca-o-podcast/
Ouça a história acima e conheça um pouco mais da conquista https://mundosustentavel.com.br/podcast/o-nome-dela-greta-ouca-o-podcast/de Greta.

Do alto de seus 16 anos, Greta já conseguiu mais do que muitos adultos e líderes mundiais. A jovem ativista, que iniciou um movimento que se tornou global, a greve pelo clima, esteve esta semana na Bélgica, discursando perante a Comissão Europeia, acompanhada de estudantes belgas e alemães.

“O sistema político atual é baseado em competição. Tudo o que importa é ganhar para conseguir mais poder. Isso precisa acabar. Devemos parar de competir, uns com os outros, e cooperar. Trabalhar juntos e compartilhar os recursos naturais do planeta de maneira justa”, disse Greta, em Bruxelas.

“Temos que proteger a biosfera, os seres vivos, os oceanos, o solo e as florestas. Isso pode parecer ingenuidade, mas se vocês (políticos) tivessem feito sua lição de casa, saberiam que não temos outra escolha. Precisamos focar nas mudanças climáticas. Porque se falharmos em combatê-la, todas nossas conquistas e progressos não valerão nada. E o que restará de legado de nossos líderes políticos será o maior fracasso da humanidade”.

A jovem acusou a classe política de desperdiçar décadas ao negar as evidências cientíticas sobre o aquecimento global. Ela cobrou uma meta mais ambiciosa da União Europeia na redução da emissão de gases de efeito estufa. Os países do continente se comprometerem em diminuir em 40% suas emissões até 2030, mas isso não seria suficiente para tentar limitar o aumento da temperatura da Terra a, no máximo, 1,5oC, até o final do século.

“Não há mais tempo… Essa meta não é suficiente para proteger o futuro das crianças que nascem hoje”, alertou Greta.

Depois do discurso da adolescente, o presidente da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker afirmou que US$ 1, 13 trilhão do orçamento do próximo período financeiro da comunidade (2021 – 2027) será usado em programas de mitigação às mudanças climáticas.

FONTE: Conexão Planeta

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *