Estavam presentes na quarta-feira 15/05 em New York políticos e representantes do setor. O secretário do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, Márcio Félix, anunciou na conferência o interesse dos investidores internacionais nos CBIOs, na reestruturação das usinas e construção de outras.

Já o diretor de abastecimento da ANP, Aurélio do Amaral, lembrou as vantagens do etanol, reiterando a conduta firme do governo, e desta agência reguladora do RenovaBio, para reduzir as importações e promovero cumprimento dos compromissos brasileiros em relação à mudança do clima e ao Acordo de Paris.

O deputado federal Efraim Filho defendeu os interesses dos produtores brasileiros, ao lado do também deputado federal Arnaldo Jardim, presidente da Frente Parlamentar de Defesa do Etanol.

Também destacamos a participação do governador Romeu Zema (MG) e do economista Mário Campos, presidente da Siamig Bioenergia, pela divulgação de propostas renovadoras.

De acordo com Edmundo Barbosa, presidente do Sindalcool, a produção de energia limpa tem cada vez mais espaço, porque é o que podemos fazer: acrescentar algo no mundo para as próximas gerações. Sobre a conferência ele afirma que “o evento trouxe para todos muito mais compreensão sobre o mercado de açúcar e o mercado de etanol no mundo e a importância da união de todos os produtores mundiais para expandir o mercado de etanol, já o mercado de açúcar vai se manter estabilizado ainda por longo tempo.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *