Os postos de combustíveis começaram a comercializar hoje (1º), o adesivo “Abasteça com Etanol”, como forma de incentivar os consumidores a aderirem a campanha, iniciada pelo Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool na Paraíba (Sindalcool), em meados de maio no Estado, que visa aumentar as vendas do produto e salvar milhares de empregos no setor sucroenergético paraibano.

Além dos adesivos, que estarão disponíveis no site oficial do Sindalcool, o www.sindalcool.com.br também se encontram acessíveis aos interessados, na mesma plataforma, jingles e spots em forma de “websérie” chamada “As aventuras do Pedrinho” que trazem um forte apelo regional, com personagens e casos que fazem parte do dia-a-dia da população paraibana.

Os jingles e spots estão sendo veiculados em seis rádios, inclusive, na Tabajara, em programas de grande audiência nos horários em que as pessoas estão saindo para trabalhar.

Para o presidente do Sindalcool, Edmundo Barbosa, o sentimento do paraibano de confiar no que é produzido no Estado é uma das razões de orgulho para ostentar essa mensagem, que deverá se multiplicar ainda mais quando houver a volta ao trabalho e a escola. “Por ora é usar o álcool 70, e caso precise sair de casa, abasteça sempre com o etanol, pois é bom para a saúde e bom para economia”, lembrou.

Para o ator da Companhia Paraíba de Dramas e Comédias, Joelton Barros, que incorpora a figura do cortador de cana-de-açúcar, o Pedrinho, está sendo muito divertido e prazeroso poder contribuir e fazer parte dessa rede de valorização do etanol, com a minimização das consequências da pandemia para o setor sucroenergético.

Os adesivos para a venda podem ser adquiridos por um preço simbólico num posto de combustíveis, inicialmente, na Avenida Edson Ramalho, no bairro de Manaíra, na capital, mas deverá ganhar espaço em outros postos paraibanos.

Adesão de municípios

         A prefeitura de Itapororoca, aderiu à Campanha “Abasteça com Etanol”, neste fim de semana, e por meio, da gestora do município, Elissandra Brito, foi gravado um vídeo oficializando à adesão, onde reconheceu a importância do agronegócio, através do cultivo da cana-de-açúcar como uma das atividades essenciais no Vale do Mamanguape.

         Elissandra destacou que a maior fonte de geração de emprego, seja no plantio da cana-de-açúcar, ou na produção de etanol e açúcar, vem do setor sucroenergético, mas infelizmente, por conta da crise econômica gerada pela pandemia, o setor que garante renda para muitas pessoas, vem perdendo ritmo.

         “Precisamos apoiar quem gera receitas nos municípios. No nosso Estado, são gerados mais de 65 mil empregos indiretos em 26 municípios. Peço a vocês que abasteçam com etanol, o combustível que é produzido na Paraíba, não polui e ainda contribui com nossa economia. Se puder fique em casa, mas se precisar sair, abasteça com etanol! Valorize o que é nosso!”, destacou Elissandra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *