Sindalcool-PB Reforça Campanha “Vai de Etanol” na Paraíba

Peça da campanha “Vai de Etanol”.

O Sindalcool-PB está intensificando o apoio à campanha “Vai de Etanol”, promovida pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar e Bioenergia (UNICA), ao divulgar ativamente as peças da iniciativa nos meios digitais através dos perfis @sindalcool e @completacometanol.

Como parte integrante desse movimento para impulsionar o consumo de etanol, o sindicato está republicando o conteúdo da campanha, somando-se às suas próprias produções tanto offline quanto digitalmente, com o objetivo de incentivar o uso do etanol na Paraíba.

 

Sobre a Campanha “Vai de Etanol”

A UNICA lançou esta campanha com o propósito de esclarecer dúvidas dos consumidores e encorajar os motoristas a abastecerem seus veículos com etanol.

Com uma abordagem humorística e informativa, a campanha está sendo veiculada em rádio, TV e também faz uso de influenciadores nas redes sociais. Com o slogan “Vai de Etanol”, estão sendo divulgados 10 vídeos e quatro spots de rádio nos principais centros de consumo de etanol no Brasil.

O etanol é um dos biocombustíveis que pode contribuir significativamente para a transição energética do país. Desde o lançamento dos motores flex em março de 2003 até o final de 2023, o consumo de etanol no Brasil ajudou a evitar a emissão de 662 milhões de toneladas de CO2 equivalente.

O momento para essa iniciativa é extremamente oportuno. Ao longo de 2023, o biocombustível foi tema central em alguns dos principais fóruns econômicos e ambientais globais.

Em setembro, durante a reunião de cúpula do G-20 em Nova Déli, Brasil, Índia, Estados Unidos e outros 19 países e 12 organizações internacionais lançaram a Aliança Global para os Biocombustíveis. Esta iniciativa visa promover a produção sustentável e o uso de biocombustíveis em todo o mundo, tendo o Brasil como referência em tecnologia e boas práticas.

Durante a Conferência do Clima das Nações Unidas, a COP28, nos Emirados Árabes, o texto final do acordo mencionou a eliminação progressiva dos combustíveis fósseis, abrindo uma grande oportunidade para os biocombustíveis.

 

Assessoria Sindalcool-PB com informações da Unica