A Campanha “Abasteça com Etanol”, organizada pelo Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool na Paraíba (Sindalcool), ganhou apoio nesta quarta-feira (27), da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), após entendimentos em reunião por videoconferência, dos dirigentes das duas instituições.

         Um Termo de Acordo deverá ser assinado entre o Sindalcool e a Famup, onde os municípios que fizerem adesão, vão optar pelo consumo de etanol nos veículos leves, por meio de compra sem atravessadores e com preços mais acessíveis.

         A Campanha “Abasteça com Etanol”, foi iniciada em todo o País, e na Paraíba ganhou corpo na última semana, por meio de material educativo no formato para impressão e mídia digital para rádios, com jingles e webséries, disponíveis para download, no site do Sindalcool, www.sindalcool.com.br com forte apelo para a preservação de milhares de empregos no setor sucroenergético paraibano, que sofre sérias ameaças em função da crise econômica gerada pela pandemia.

         O setor representa um aporte significativo na economia da Paraíba, onde seis usinas de cana-de-açúcar na zona da Mata, contribuem direta e indiretamente com mais de 65 mil empregos em 26 municípios.

O presidente da Famup, George Coelho, lembrou da finalidade de criação da entidade que é assessorar e defender a economia dos municípios, principalmente com a criação de frentes de trabalho. “Como prefeito, sinto na pele, o quanto é importante manter os empregos, e como agricultor, sei o que a agricultura representa para o País, principalmente, o setor sucroenergético que é responsável por muitos empregos.  Quando temos muito emprego, temos mais recursos na economia”, lembrou.

Ele ainda destacou que os municípios precisam desse fortalecimento, principalmente diante de um quadro muito grave, pós pandemia, antes visto só em filme de ficção. “Vamos enfrentar uma situação bem mais complicada. Temos que retomar os investimentos e ações que gerem emprego para o povo, e o município não tem como resolver tudo sozinho”, asseverou.

George declarou que além de contribuir com os empregos na Paraíba, as prefeituras também vão gerar, com a adesão ao consumo do etanol, mais economia por meio da compra direta do etanol.

Durante o encontro de trabalho, por plataforma virtual, o presidente do Sindalcool, Edmundo Barbosa falou da importância de empregar iniciativas agora, para suavizar os efeitos pós pandemia, com ações de solidariedade e incentivo aos empregos, pois são fundamentais. “Além de preservar os empregos, quem opta pelo consumo de etanol, também está investindo em qualidade de vida, com menos poluição e ar mais limpo. Além disso, estará contribuindo com a durabilidade dos veículos”, evidenciou.

Edmundo Barbosa revelou o interesse de buscar apoios no Governo do Estado para incentivar o consumo de etanol, um produto produzido dentro do próprio Estado, para se preservar os empregos e consequentemente a atividade econômica, pois dos 22% de arrecadação com combustíveis, cerca de 5% vem do setor. “Quanto mais comprar de dentro do Estado, melhor”, disse.

Na oportunidade, o presidente do Sindalcool apresentou ao dirigente da Famup, uma iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), que estimula uma campanha aos dirigentes de países, municípios, entre outros, na adoção de medidas para colaborar na limpeza do ar que respiramos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *