Na Paraíba, de janeiro a setembro de 2021, foram registrados 500 óbitos no trânsito. Atos e solenidades marcam o dia em João Pessoa.

O Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool na Paraíba (Sindalcool-PB) apoia e reforça a importância do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, que neste ano será celebrado no dia 21 de novembro. A data, que foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1995, é lembrada sempre no terceiro domingo de novembro e tem o objetivo de homenagear as vítimas de fatalidades no trânsito. 

Em 2021, a data completa 26 anos. Desde 2008, o mundo todo é alertado anualmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre o crescente número de vítimas em decorrência desses acontecimentos.

“Nos solidarizamos com as famílias e com as vítimas de acidentes, lembrando-nos também daqueles que tiveram as suas vidas abreviadas, partiram antes da hora, se precipitaram ou foram atingidas naquele instante fatal em que o acidente poderia ter sido evitado. É preciso apoiar os sobreviventes, aprender as lições e agir para salvar vidas nas estradas nas cidades, em todo o mundo. Começando aqui e agora”, ressalta o presidente do Sindalcool-PB, Edmundo Barbosa. 

De acordo com dados extraídos do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, na Paraíba, de janeiro a setembro de 2021, foram registrados 500 óbitos no trânsito. As sinistralidades mais frequentes envolvem motociclistas (10.195), seguidas por carros (1.020) e bicicletas (1.128), totalizando 13.984 sinistros no período analisado.

A observadora de trânsito certificada do Observatório Nacional de Segurança Viária, Abimadabe Vieira, também destaca a importância do Dia Mundial em Memórias das Vítimas de Trânsito: 

“Este é um dia alusivo à memória de milhares de pessoas mortas ou com sequelas em decorrência das sinistralidades no trânsito, como também seus familiares e amigos. Além disso, ainda tem o objetivo de prestar homenagem às equipes de emergência, profissionais da saúde, equipes de resgate, a Polícia Rodoviária Federal e aos que, diariamente, lidam com as consequências traumáticas das sinistralidades”, diz a observadora.

Rodovias federais metropolitanas registram maior índice de acidentes

De acordo com dados fornecidos pela Polícia Rodoviária da Paraíba (PRF-PB), as rodovias federais da região metropolitana de João Pessoa possuem alguns trechos mais perigosos, nos quais são registrados mais acidentes, que são  eles: a BR 230, do quilômetro 10 ao 30, tendo como pontos de referência a Mata do Amém até o viaduto de Oitizeiro; e a BR 101, do quilômetro 80 ao 90, nas proximidades do posto de combustível e Churrascaria “Gauchinha” até o Hospital Metropolitano, em Santa Rita. 

Dos 1.989 acidentes totais registrados nas rodovias federais da Paraíba em até 11 de novembro de 2021, 407 deles foram de acidentes com feridos graves e mortos. 

O objetivo da PRF é educar, orientar, fiscalizar e alertar aos condutores de veículos sobre a necessidade do cumprimento das regras para a redução de acidentes e mortes no trânsito. Por isso, a instituição recomenda algumas condutas aos motoristas para garantir uma viagem com maior segurança:

– Fazer a revisão do veículo antes de viajar: verificar, principalmente, pneus (inclusive o estepe), palhetas dos limpadores de pára-brisa e itens de iluminação e sinalização;

– Planejar a viagem: lembrar de programar paradas em locais adequados para abastecimento, alimentação e descanso. O acostamento deve ser utilizado apenas para situações emergenciais;

– Jamais fazer a imprudente e criminosa mistura entre consumo de bebida alcoólica e direção veicular;

– Manter a atenção na rodovia: respeitar a sinalização e os limites de velocidade;

– Manter sempre os faróis ligados para que o veículo fique ainda mais visível aos demais condutores e pedestres;

– Lembrar que o cinto de segurança é obrigatório para todos os ocupantes do veículo;

– Em caso de emergência e necessidade de apoio da PRF, ligar para o telefone de emergência 191.

Atos e solenidades marcam o dia em João Pessoa

Em João Pessoa, e na região metropolitana, estão previstos atos e solenidades para marcar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito. 

Seguem abaixo alguns eventos que devem acontecer:

  • Dia 19/11 às 09h – Sessão Especial Solene na Câmara Municipal de JP em Memória às Vítimas de Trânsito.
  • Dia 21/11 às 09h – Ato Público Solene em Memória às Vítimas de Trânsito. Local: Em frente ao Mercado Público de Mangabeira.
  • Dia 18/11 às 15h – Formato Online – Sessão Especial Solene na Assembleia Legislativa em Memória às Vítimas de Trânsito. 
  • Sessão Especial Solene na Câmara Municipal de Cabedelo em Memória às Vítimas de Trânsito. (Dia e hora aguardando confirmação).
  •  Ato Público Solene em Memória às Vítimas de Trânsito no município de Cabedelo. (Dia e hora aguardando confirmação).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *